sexta-feira, 21 de abril de 2017

Ganondorf Dragmire é oficialmente o nome completo do vilão

Lá pra 1991, quando A Link to the Past foi lançado para os EUA, um dos pontos que mais chamou atenção em seu manual foi a menção ao nome completo do vilão Ganon, Ganondorf Dragmire.
Apesar de "Ganondorf" estar presente tanto na versão japonesa do jogo, quanto em todos os outros jogos em que o nome do detentor da Triforce do Poder apareceu, como Ocarina of Time, The Wind Waker e Twilight Princess, o sobrenome "Dragmire" foi completamente deixado de lado, visto por muitos como uma interpretação livre da tradução americana do sobrenome do vilão.

Em uma atualização recente, no entanto, o site oficial da série Zelda adicionou um curioso guia online, onde é possível saber algumas das principais características do universo da série. É até possível ver mais sobre alguns dos personagens e raças que surgiram nos últimos 31 anos.
O que é interessante é que, ao fazer uma breve descrição de Ganondorf, o personagem é chamado pelo nome completo "Ganondorf Dragmire", como pode ser visto a seguir:

Eles até usam aquela imagem fantástica do Twilight Princess HD!
Essa é a primeira vez, desde 1991, que "Dragmire" é referenciado. A diferença é que isso está vindo de uma fonte mais do que oficial; o que isso significa, você pergunta? Bem, isso é praticamente a confirmação de que o nome de Ganondorf Dragmire é o nome completo oficial do vilão suíno. Um toque bem interessante (e infinitamente melhor do que "Link Link").

Você pode conferir o guia online do site oficial de Zelda clicando aqui.

Fonte

terça-feira, 18 de abril de 2017

Breath of the Wild: Confira vídeo sobre "quebra de padrões"

A Nintendo chamou atenção, durante a Game Developers' Conference (GDC) deste ano, ao apresentar as diferentes formas que o então vindouro Breath of the Wild assumiu antes de se tornar no jogo lançado em março.
Por conta da natureza mais... midiática do evento, não foi todo mundo que foi capaz de ver a conferência da Nintendo com os próprios olhos.

Seja por qual motivo, a Nintendo liberou um pequeno vídeo mostrando alguns dos pontos mais marcantes da GDC, incluindo a apresentação da versão 2D de Breath of the Wild (um dos protótipos do jogo final, no caso), e diferentes versões do design do Link (alguns dos quais já liberados internet afora). Você pode ver tudo isso logo abaixo. Vale lembrar, o vídeo está em inglês:



O que você achou do passado de Breath of the Wild? Mais importante, o que você achou do jogo em geral?
The Legend of Zelda: Breath of the Wild está disponível tanto para o Wii U quanto para o Nintendo Switch.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Detonado: Zelda - Phantom Hourglass - Parte 16: A raça do fogo.


Como dito em nosso último detonado, agora, como um goron com plenos direitos, podemos atravessar o caminho do labirinto no norte da ilha, que nos levará ao nosso primeiro metal puro, nos aproximando mais de derrotar Bellum!

domingo, 16 de abril de 2017

Editora Panini vai publicar mangás de Zelda no Brasil

Durante a Comic-Con Experience Nordeste, a editora Panini anunciou que vai publicar no Brasil a edição "Legendary" de quatro volumes dos mangás de The Legend of Zelda.

Capa Legendary dos volumes de Ocarina of Time
 
No caso, a editora anunciou que pretende trazer a terras tupiniquins a edição Legendary do mangá, composta pelos volumes Ocarina of Time 1 & 2, Majora's Mask / A Link to the Past, Oracle of Seasons / Oracle of Ages, The Minish Cap / Phantom Hourglass e Four Swords, que foi lançada há alguns meses mundo afora.

Nenhuma data de lançamento foi oficializada ainda, mas, acredito que é seguro esperar um lançamento ainda este ano.

Os mangás de Zelda, sob autoria da dupla Akira Himekawa, são muito conhecidos e elogiados por fãs da série por contarem com histórias reinterpretadas dos jogos, além de seu estilo artístico característico e agradável aos olhos.

Fonte

sábado, 15 de abril de 2017

Breath of the Wild: Dubladora da Princesa Zelda fala sobre a personagem



Um dos paradigmas que foram quebrados em Breath of the Wild foi a adição de dublagem em uma série conhecida por ter se mantido sem as mesmas por três décadas.
Apesar do resultado final ter dividido fãs quanto à sua execução e escolha de elenco, é difícil falar do jogo sem pensar nas dublagens.

Em entrevista dada à Game Rant, a dubladora americana da Princesa Zelda, Patricia Summersett, deu um pouco de luz quanto a como ela viu a jovem princesa de Breath of the Wild, e como ela tentou passar suas ideias para sua performance.

Você pode conferir o que ela tinha a dizer logo abaixo:


Game Rant: De onde veio a sua inspiração quando você estava fazendo o teste para Zelda?
"Bem, quando eu fiz o teste, eu não sabia para o que eu estava fazendo, então eu estava indo mais para o tipo de voz que eles estavam procurando. Sabe, uma interpretação disso. Quando eu comecei a ter minhas próprias ideias. Eu tinha a sensação que era uma princesa, ela era jovem, mas tinha esse peso do mundo nos ombros dela, e tinha um tipo de qualidade atemporal/eterna, na qual idade não é necessariamente equivalente à idade no papel. E, é, ela tinha um sentido régio nela. Isso foi o que eu entendi. Então, eu segui com isso inicialmente. Quando eu descobri que eu consegui o papel, que foi bem depois no processo, nós começamos a gravar. Eu acho que a decisão foi feita sobre qual direção seria, de todo jeito, então foi uma negociação entre, eu acho, minhas sensibilidades e as da visão da Nintendo." 

Além de Breath of the Wild, Summersett trabalhou em outros jogos, como Assassin's Creed: Syndicate, e também trabalhou em curtas e séries de TV, tendo até um álbum musical em seu portfólio.

The Legend of Zelda: Breath of the Wild está disponível tanto para o Wii U quanto para o Nintendo Switch.

Fonte
Fonte da imagem

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Três novos amiibo de Zelda foram anunciados!

No Nintendo Direct que aconteceu hoje, fãs de Zelda foram agraciados com a notícia de que mais três amiibo serão lançados para suas coleções.

No caso, foram anunciados amiibo para os Link's de Majora's Mask, Twilight Princess e Skyward Sword, respectivamente. Veja-os abaixo:

Majora's Mask
Twilight Princess
Skyward Sword


Os três amiibo estarão disponíveis para compra a partir do dia 23 de junho de 2017.

Fonte

Breath of the Wild: Jogo tem nova atualização; veja o que há de novo!



Nos últimos dias, jogadores de Breath of the Wild devem ter observado que uma nova atualização agraciou seus jogos. Apesar de a Nintendo não ter sido muito clara a respeito do que foi mudado desta vez (um dos motivos para eu nem ter pensado em fazer esta postagem mais cedo), já se foi descoberto que as mudanças vão além de apenas "estabilidade extra".
As mudanças foram as que seguem:

  1. A primeira mudança foi a remoção de um pequeno exploit que envolvia recuperar flechas atiradas por inimigos para completar seu arsenal. Originalmente, era possível adquirir um número imensurável de munição; com a atualização, no entanto, é possível adquirir apenas 20 flechas por vez.
  2. A segunda é em referência a um pequeno glitch que acometeu alguns jogadores. Ao utilizar o amiibo do Wolf Link, alguns notaram que ele estava chegando com a quantia máxima de corações; o curioso é que tais jogadores não haviam feito os pré-requisitos para que Wolf Link aparecesse com mais do que apenas três corações (leia-se a Cave of Trials de Twilight Princess HD). Seja como for, a atualização corrige esse erro.
Breath of the Wild está disponível tanto para o Wii U quanto para o Nintendo Switch.
Da mesma forma, Twilight Princess HD pode ser encontrado para o Wii U.

Fonte

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Criações Fã: Compositor recria trilha sonora de Ocarina of Time em orquestra



O compositor fã Eric Buchholz, famoso por seu trabalho no finado projeto Zelda Reorchestrated (ou ZREO, como era chamado), recentemente lançou um novo álbum focado em Zelda. Desta vez, seu objetivo é refazer parte da trilha sonora do lendário Ocarina of Time, dando um ar bem mais cinematográfico e fantástico.

O álbum, intitulado Hero of Time, pode ser comprado tanto em mídia digital (por US$14,00), mídia física comum (US$30,00) ou mídia física especial (US$40,00).

Para conferir o trabalho dele, e dar uma escutada, você pode clicar na fonte, que detalhará todas as versões e preços.

Fonte

domingo, 2 de abril de 2017

The Legend Of Zelda - Minish Cap ( VinniE16) 1° Post

Olá leitores, podem me chamar de VinniE16, nesse meu primeiro post vou falar sobre o meu jogo favorito dá série Zelda, ainda não pude jogar o novo título dá série, quem sabe um dia! já estou guardando minhas moedinhas!

Vou falar sobre!!

The Legend Of Zelda - The Minish Cap (GBA)

Nesse título fantástico pouco aproveitado pelos jogadores por ter passado batido, com o anúncio do Zelda Twilight Princess ( Game Cube), e pelo fato de que grande maioria dos fãs não darem tanta atenção aos Zelda de portáteis.

O game soube aproveitar o console, mantendo o bom é velho estilo dá série, Com Quebra Cabeças, Batalhas com chefes, uma variedade de equipamentos obtidos ao longo dá história.

O grande diferencial dessa versão são os minish, criaturinhas minúsculas que habitam seu pequeno universo.

            Vaati O Demônio Minish


O vilão dessa versão, tenta obter a Picori Blade, não conseguindo lança um feitiço e libera monstros pelo mapa, e acaba pedrificando a princesa, assim inicia a aventura!!

Desculpe qualquer erro, no meu primeiro post.ja foi falado sobre esse belo game no blog mas vale relembrar.

Um Abraço e Obrigado Por Ler!!

Detonando! The Legend of Zelda: Skyward Sword - Parte 2: Atravessando a barreira do céu

*Voz de narrador de programa de quinta* No último episódio, Link e Zelda saíram para voar um pouquinho nas nuvens, mas, eles foram atacados por um tornado que surgiu do nada e os derrubou e eles ficaram tontos. Link então ouviu uma voz familiar e viu uma moça azul voando no céu, aí ele viu a Zelda. Link achou que podia salvar ainda a Zelda, mas ele estava errado e descobriu que foi tudo um sonho... Err... Foi um sonho ele achar que podia pegar a Zelda... O tornado foi de verdade mesmo...

sábado, 1 de abril de 2017

Breath of the Wild - Jogo conta com atualização; novas datas para DLC



Recentemente, Breath of the Wild recebeu uma atualização tanto no Wii U quanto no Nintendo Switch.
De acordo com diversas fontes, a atualização solucionou, em parte, as quedas de quadros por segundo que foram as principais críticas do jogo em seu lançamento. Pelo que ouvi falar, a versão do Switch é a que mostra mais melhoras, embora a mudança no Wii U também esteja bem mais visível.

Além disso, foi descoberto que a atualização também trouxe datas mais concretas do DLC que o jogo vai receber ao longo do ano. Apesar de não termos um dia específico, os meses de Agosto e Dezembro foram destacados como os meses de lançamento das duas partes do DLC. Para saber mais sobre o que virá de conteúdo adicional, clique aqui.

The Legend of Zelda: Breath of the Wild está disponível tanto para o Wii U quanto para o Nintendo Switch. Que aventuras vocês já tiveram na grandiosa Hyrule?

Fonte

sexta-feira, 17 de março de 2017

Breath of the Wild - Nintendo libera papéis de parede do jogo

Devido ao grande sucesso crítico e de vendas que foi o último capítulo da série Zelda, a Nintendo japonesa lançou dois papéis de paredes, em vários tamanhos, para comemorar junto dos fãs. Veja como esses papeis de parede são logo abaixo:



Você pode baixar esses dois papeis de parede (incluindo versões para o computador ou para seu celular) clicando aqui.

Como um adendo, usuários do serviço My Nintendo também têm acesso a um papel de parede do jogo, que pode ser baixado por 50 moedas.


The Legend of Zelda: Breath of the Wild já está disponível tanto para o Wii U quanto para o Nintendo Switch.

Fonte: My Nintendo News