terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Hyrule Warriors: Definitive Edition - Novos pequenos detalhes



Se você não teve uma chance de jogar Hyrule Warriors em uma das duas versões do jogo, certamente o lançamento de Definitive Edition para o Nintendo Switch chamou a sua atenção.

Bem, para garantir que essa seja a versão mais completa até agora, a Definitive Edition contará com o conteúdo de ambas as versões anteriores, mais alguns pequenos ajustes. Inclusive, há uma lista toda mostrando quais as principais mudanças já divulgadas, e você pode conferi-las depois da quebra, cortesia de um site japonês do jogo.
Pra economizar o seu tempo, aviso logo que não há nada muito fora do esperado, com a exceção de uma nova opção (que é bem interessante para quem já jogou antes).

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Detonando! The Legend of Zelda: Oracle of Seasons - A cripta do Explorador

Chegamos agora no sétimo calabouço de Oracle of Seasons e, adivinha só, esse aqui é bem bacana. Mas, antes de começarmos, eu recomendo fortemente que, se você ainda não o fez, você adquira aquele saco de sementes maior. Digo isso porque utilizaremos muitas sementes por aqui.


NÍVEL 7 - A CRIPTA DO EXPLORADOR


Vamos começar explicando que algumas salas deste lugar, mais especificamente duas delas, estarão acometidas de uma tal "maldição", a qual dita que, se você não sair delas antes que todas as tochas se apaguem, você vai retornar à entrada do calabouço. Parece uma droga (e isso é porque é uma droga), mas, como veremos logo, desfazer essa maldição não será um problema muito grande.

A PRIMEIRA FANTASMA E A BÚSSOLA


Vamos começar do começo (o melhor lugar para começar!). Primeiro, siga logo para a sala ao norte e, dela, não perca muito de seu tempo: vá logo pela esquerda (mas, tenha o caminho da direita em mente - iremos visitá-lo muito em breve), e siga prosseguindo pela esquerda. Você terá apenas um caminho a seguir daqui (infestado de Stalfos amarelos e algumas Bubbles chatas).
Eventualmente, você chegará em uma sala bastante escura, com o que parece ser uma lápide no lado direito. Como não temos maneira de nos aproximar dela ainda, simplesmente continue andando até a próxima sala que fica exatamente ao norte.

Você chegará na primeira sala amaldiçoada da qual eu falei antes.
Uma voz misteriosa dará a você o aviso de sair daqui antes que as tochas se apaguem, e elas se apagam muito rápido. Por isso, não poderemos explorar esse lugar como realmente deveríamos... Por sorte, há uma passagem imediatamente à sua direita que é perfeitamente acessível e rápida de passar. Siga por ela, de novo, antes que as tochas se apaguem.

Sua próxima parada será uma sala com um total de quatro Wizzrobes: três vermelhos (imóveis quando visíveis) e um azul (móvel o tempo todo). Derrote todos eles para que um baú contendo a nossa Small Key #1 apareça.
Pegue essa chave e retorne para a sala logo depois da entrada do calabouço; lembra-se daquela passagem à direita que eu pedi para você ter em mente? Pois é.

Seguindo pela direita daquela sala, você encontrará um Stalfos vermelho (que é bem fácil de derrubar - eles não vão atirar nada em você) e uma porta trancada. Destranque essa porta, e alguns Stalfos encapuzados, mais uns Zols, estarão a sua espera. Derrote todos eles para que um baú contendo um anel apareça. Pegue-o (se quiser, vai que você é alérgico a anéis ou coisa do tipo), e siga pela esquerda, dessa vez pela parte superior da sala.
Prossiga pelo caminho linear, e você retornará àquela sala com a lápide; a diferença é que você estará na altura certa para interagir com ela; mais especificamente com as duas tochas que a cercam. Usando o seu estilingue, acenda as tochas com duas Ember Seeds, e a causa da maldição na outra sala vai aparecer.

MINI-CHEFE #1 - GHINI ESPADACHIM


Essa não é uma mini-chefe do jeito que estamos acostumados nesse jogo. No entanto, por se tratar de uma luta especial, e que terá efeito no calabouço, eu achei melhor separá-la como tal.
Essa fantasma (mais especificamente, uma fantasma do "gênero" Ghini) é a fonte da maldição na sala seguinte e, se quisermos prosseguir no calabouço, precisamos exorcizá-la da única maneira que sabemos: acertando ela na cabeça com uma espada um monte de vezes!
Ainda bem que não é uma briga muito difícil, se você souber o que está fazendo.
A única estratégia que ela tem é ir em uma linha reta com a espada em mão (e você pode desviar disso com muita facilidade apenas pulando com a Roc's Feather). Logo quando ela passar por você, já ataque com sua espada. Apenas alguns golpes farão com que ela desapareça, e a maldição da outra sala estará finalmente terminada.

Agora que fizemos isso, siga para a sala seguinte, e você verá que não há mais maldição.

Aproveite a deixa e siga para o lado esquerdo dessa vez, onde uma parede rachada está a sua espera. Exploda-a com uma bomba e entre.
Abra o baú na próxima sala para adquirir a Bússola.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Detonando! The Legend of Zelda: Skyward Sword - O Deserto Lanayru

Vou só soltar o aviso de que esta próxima parte acontece em uma região bem grande, talvez a maior e mais aberta região do jogo inteiro.
Por sorte, tudo o que você precisará fazer de muito importante será destacado no seu mapa.

E, sim, isso significa que poderemos ir direto para a próxima região da superfície. Só precisamos quebrar a barreira do céu uma terceira vez primeiro...

A LUZ DE ÂMBAR

Vamos começar nossa viagem de hoje retornando para os Céus. Não há mais nada que possamos fazer por aqui, então, use a estátua a sua esquerda para voar.

Quando chegar no céu, siga logo para Skyloft (assumindo que você ainda não tenha pego os baús que liberamos da última vez) e vá direto para a câmara escondida na estátua da deusa.
Colocando o tablete âmbar, você vai abrir outro buraco na barreira de nuvens, dessa vez nos céus ao sul.

Como eu disse antes, já poderíamos ir direto para o próximo destino, mas, antes de fazer isso, minha recomendação é que você passe no bazar primeiro!
O que queremos fazer é trocar o escudo de metal que você com certeza ainda tem pelo escudo de madeira que você deve ter deixado por aqui. Essa troca é importante justamente porque você precisará de um material resistente ao elemento mais comum dessa próxima região, e o escudo de madeira é a melhor opção para isso.
Compre também algumas poções, se você estiver precisando.

Melhor ainda, na loja de "variedades", vamos chamar assim, agora é possível comprar um saco de bombas extra, capaz de aumentar o número de bombas que você pode carregar por 5. Precisaremos de muitas bombas, então, se você tiver o valor de 150 rupees consigo, vai em frente e compre.

Uma coisa a mais que você pode fazer, e que eu até recomendo, é falar com Gondo, o dono de uma loja aqui no bazar. Pelos materiais certos (ou tesouros) e mais alguns rupees, ele poderá atualizar um de seus itens, deixando-o mais poderoso, mais efetivo, ou mais resistente. Seria por isso que você pega tantos tesouros em tantos lugares distintos.
A essa altura, é altamente provável que você já possa atualizar o escudo de madeira, deixando-o não só com um design diferente, como também mais resistente (o que será útil para o que teremos de lidar mais à frente). Os materiais que você precisa são duas Amber Relics, uma Monster Claw e uma Jelly Blob, todos os quais puderam ser coletados algumas vezes em nossa jornada, mais uma taxa de 30 rupees. Se você tem os materiais e o dinheiro, eu recomendo fortemente que você faça essa atualização!

Quando estiver com seu equipamento pronto, siga para aquele feixe de luz amarelo (ou de âmbar, eu acho) que se formou nos céus do sul.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Guia de chefes - Breath of the Wild #1

Este guia está sujetio a atualizações.
Última atualização feita em 12/02/2018 


Se tem uma coisa pior do que Lynels mandando em pequenos lugares de Hyrule, são enormes máquinas ironicamente chamadas de Bestas Divinas sendo controladas por pragas malignas.
Por isso, neste guia, vamos sentar e falar sobre como derrotar cada uma dessas abominações da natureza da única maneira possível: com armas em mãos e acertando elas até morrerem!

Como muita coisa em Breath of the Wild, não existe uma ordem específica para derrotar os chefes do jogo. Por conta disso, eu listarei os chefes na mesma ordem em que eu os enfrentei, com algumas pequenas alterações.
Só um pequeno aviso, antes de começarmos: é altamente recomendado que você atualize o seu Sheikah Slate, a fim de que ele tenha acesso às runas +. Elas serão bem úteis para enfrentar os chefes, conforme veremos. Eu também não fiz menção aos poderes que lhe são dados ao final de cada calabouço, mas, fique sabendo que cada um deles, assim como as Flechas Antigas, são extremamente efetivos, e podem fazer esses chefes ficarem bem mais simples de derrotar, especialmente a habilidade dada a você na região Gerudo. Seja como for, vamos falar sobre como derrotar as Pragas de Hyrule, mais alguns outros oponentes essenciais.

A luta contra as Bestas Divinas será explorada em outro guia.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Mangás - Pré-venda da saga Oracle iniciada

Como vocês sabem, os mangás da série Zelda estão sendo publicados no Brasil pela editora Panini.


O que vocês talvez não saibam é que a editora iniciou a pré-venda do mangá referente aos jogos Oracle of Seasons e Oracle of Ages em seu site. Clique aqui, se quiser conferir.
O mangá está sendo vendido por R$29,99 e conta com um total de 408 páginas. De acordo com a editora, as unidades vendidas dessa maneira começarão a ser enviadas a partir do dia 28 de fevereiro.

Nesta versão da história, um jovem fazendeiro procura por aventura e empolgação, além da vida que leva com seus avós. No entanto, ele acaba se envolvendo em uma grande batalha entre o Bem e o Mal, precisando viajar em diferentes mundos para derrotar as mentes malignas por trás de tudo.

The Legend of Zelda: Oracle of Seasons e The Legend of Zelda: Oracle of Ages foram lançados originalmente para o Game Boy Color em 2001, e, atualmente, se encontram disponíveis na eShop do Nintendo 3DS.

Fonte

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Detonando! The Legend of Zelda: Oracle of Seasons - Piratas Nauseados

Não sei exatamente onde começar com essa parte...
Acho que poderia fazer isso explicando que essa próxima parte não deverá ser muito longa de explicar, mas, isso não vai impedir que você fique andando de um canto para outro aparentemente sem rumo por alguns minutos.
Isso e, hoje, nós vamos aproveitar para seguir com uma coisa opcional para aqueles de vocês que ainda têm (ou usam) um escudo. Vamos começar com a parte opcional, mas, fique sabendo, muito do que vamos fazer hoje vai tomar lugar em Subrosia. Para chegarmos logo onde precisamos, vamos entrar em Subrosia por meio daquele atalho que nós liberamos há um bom tempo.
Caso você não tenha ativado esse atalho, por qualquer motivo, não se preocupe! Logo no primeiro tópico, vamos explorar como fazer justamente isso. Para garantir, no entanto, que nada se misture, deixarei as partes referentes ao atalho destacadas em itálico. Para ativar esse atalho (assumindo que você ainda não o fez), siga para Subrosia partindo da entrada que fica localizada na montanha de Mt. Cucco.


OS MISTÉRIOS DO SUBTERRÂNEO

OS PIRATAS E O ATALHO

Vamos começar já explicando que, com o seu equipamento atual, já é possível explorar praticamente todos os cantos de Subrosia, com a única exceção sendo a região do noroeste, por motivos que veremos em partes futuras.
Isso significa que você pode acessar cada um dos lugares que nós vamos explorar com relativa facilidade, embora alguns pontos precisem ser acessados a partir de seus respectivos portais.

Vamos assumir, então, que você veio do portal do Mt. Cucco, e se encontra próximo da casa dos irmãos ladrões que roubaram a nossa Roc's Feather várias partes atrás
Dessa entrada, siga para a esquerda, e para baixo, pule o riacho de lava, e continue indo para o sul. Eventualmente, você vai encontrar uma humilde casa com duas FREAKIN' caveiras na entrada, mais um cara com rosto de caveira no topo, mais um portal. 
Só pra começo de conversa, este é o lugar para onde nós precisamos ir para continuar a nossa busca pelas Essências das Estações, OK? Se você não tem interesse na parte opcional do escudo, pode ignorar o tópico a seguir.

Dentro dessa casa, você encontrará vários caras com rosto de caveira, autodenominados piratas, e, se você conversar com o capitão deles, vai ouvir falar que ele está procurando por um "sino". Na verdade, você PRECISA falar com esse capitão. A essa altura (você já tem seis das oito Essências), ele vai reconhecer que você é um grande aventureiro, e vai dar a você a missão de encontrar o tal sino.


Suba para o segundo andar da casa, e tente falar com o pirata que está em frente ao que parecem ser quatro gavetas abertas (as quais vamos denominar como A, B, C e D, respectivamente). Quando fazer isso, ele vai correr rapidamente para as gavetas e vai empurrá-las em um determinado padrão. Para que possamos ser mais específicos, ele vai empurrar os quatro gavetas na seguinte ordem:

C, C, B, A, A, D, D, D

Mantenha esse padrão em mente: ele será importante já, já.

Siga para o telhado da casa, onde aquele portal que mencionei antes estará esperando. Use-o para ser levado a uma caverna que fica, convenientemente, na vila de Horon! Ative a alavanca que está próxima para ativar uma grande ponte, que será ESSENCIAL para esse atalho. Agora, sim, você terá acesso fácil a Horon, e precisaremos desse acesso fácil para o que vem a seguir (na parte obrigatória, isto é). 

Se você não quiser pegar o escudo melhorado, pule o próximo tópico. Se você quer fazer isso, venha comigo.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Hyrule Warriors: Definitive Edition - Confira novas imagens do jogo

O site oficial de Hyrule Warriors: Definitive Edition foi atualizado, e, com ele, surgiram algumas pequenas novidades do jogo. Assim como o trailer que postamos mais cedo (que faz parte dessas atualizações do site), não há nada de necessariamente novo aqui.
O que há, no entanto, são algumas novas imagens da versão de Switch, além da confirmação de que o modo "Ganon's Fury" estará voltando (aparentemente, ele não fez parte da versão Legends).
Você pode conferir as imagens a seguir:


Hyrule Warriors: Definitive Edition - Confira novo trailer

A Nintendo atualizou seu canal do YouTube com um novo trailer para o vindouro Hyrule Warriors: Definitive Edition, que dá um breve resumo do que você pode esperar da nova edição do título.



Hyrule Warriors: Definitive Edition será lançado para o Nintendo Switch durante a Primavera norte-americana, e contará com todo o conteúdo das outras versões, mais roupas de Breath of the Wild para Link e Zelda.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Detonando! The Legend of Zelda: Skyward Sword - O Templo da Terra

"Templo da Terra"? Mais pra "Templo da Pedra Derretida"...! HA! ... E-entendeu? Porque tem muita lava no calabouço e... AHDEIXAPRALÁ. Pelo menos a música tema é muito boa...


PRIMEIROS PASSOS


Zoeiras à parte, chegamos ao segundo calabouço do jogo e, bem, o estilo desse aqui já será dramaticamente diferente do último. A boa notícia é que esse aqui é bem variado e, nele, faremos algumas coisas bem interessantes e únicas, por assim dizer. Esse calabouço também vai exigir certo conhecimento dos seus arredores, então, fique atento a cada nova sala, para que possa encontrar seus segredos com facilidade. Falo sério, a propósito, até porque, algumas das salas desse lugar tem diversas passagens, e teremos de explorá-las de diversos ângulos.
Vale também ressaltar que encontraremos um número absurdo de Keeses de fogo em praticamente todas as salas. Para ganhar tempo, não os mencionarei, mas, você pode esperá-los com frequência. A boa notícia é que, se você trouxe um escudo metálico (o que você deve ter feito, honestamente), não haverão muitos problemas em termos de defesa.

Logo da entrada, já vamos ganhar tempo e começar nos movendo para aquele lago de lava bem à frente. Você encontrará uma série de plataformas indo para a frente, e, adivinha só, cada uma delas é segura e estável, apesar de estar logo acima de LAVA. Siga por elas até aquela área mais firme à direita.
Na plataforma que segue, você encontrará dois possíveis caminhos: um para a esquerda e outro para a direita/frente.

Seguindo para a esquerda, você vai encontrar um dos Mogmas que vimos antes de entrar aqui, e vai ouvir que o amigo dele ficou para trás no fundo do templo (ele ainda vai embora sem nem se preocupar em ir atrás do colega... babaca). Você também encontrará alguns buracos (um dos quais possui um ChuChu).
O caminho da direita é onde você quer ir. Siga para aquele pilar que fica bem na parede, e cave no buraco mais próximo para criar uma corrente de ar, que vai lhe permitir ganhar boa altitude e subir no pilar, onde um baú com 20 rupees lhe espera.



Próximo ao pilar (e mais próximo da divisão de caminhos), há algumas escadas, que lhe deixarão em uma boa posição para observar o resto da sala. Ela também servirá para lhe mostrar que a lava, vez ou outra, poderá erguer aquelas plataformas de pedra pelas quais passamos há pouco. Espere que elas voltem à lava para para que você possa passar pelas que estão por aqui para o outro lado (esperando que a lava as erga quando você estiver nelas, é claro).

Nessa próxima área, você precisará cortar três cordas diferentes para ativar uma ponte que nos levará à parte central do calabouço.


As duas primeiras cordas estão na sua direita e esquerda, mas, a terceira estará em um buraco na parede logo ao lado da ponte levantada em questão. Para cortá-la, você vai precisar do Beetle. Puxe-o e faça com que ele se acerte contra a corda, e a ponte vai se liberar para você.

Passando por ela (e depois de um alerta da Fi), você vai encontrar um Lizalfos, um dos inimigos mais interessantes do jogo, e que, apesar de fácil de derrubar (um tanto mais do que os Bokoblins, em minha honesta opinião), é bem divertido de enfrentar.
Para derrotar um Lizalfos, você precisa apenas atacá-lo, e ele vai entrar em uma pose defensiva/provocadora. Quando ele entrar nessa pose, ataque de um ângulo que não acerte o braço de pedra dele. Você pode realizar uma série de cortes comuns, o que eventualmente fará o monstro voltar a sua pose original, ou você pode realizar um Ataque Giratório, que já será o suficiente para derrubá-lo no chão, e deixá-lo aberto para um Golpe Mortal.
Quanto a cuidados com ele... Bem, se você acertar o braço de pedra de duas a três vezes, ele vai contra-atacar imediatamente com um soco de baixo pra cima bem difícil de bloquear ou desviar. Ele também tem um ataque de rabo que pode pegar você de surpresa, e que pode atirar você longe.
Um ponto final a mencionar é que, diferente de praticamente todos os monstros, Lizalfos sempre, e eu digo SEMPRE deixam para trás o tesouro Lizard Tail quando são derrotados. Você só não poderá pegar se ele cair na lava ou em outro lugar perigoso (como um penhasco ou areia movediça).

Enfim, chega de falar de Lizalfos. Vamos entrar na área central do calabouço.

Hyrule Warriors: Definitive Edition - Nova versão do título ganha trailer de personagens

Caso você seja um dos que não sabem, Hyrule Warriors: Definite Edtion é a terceira versão do título de Wii U, desta vez indo para o Nintendo Switch, e contendo todo o conteúdo lançado até agora.

Caso você também não saiba, o jogo recebeu hoje um novo trailer mostrando alguns dos personagens, além de alguns momentos de ação do jogo. Se você já jogou Hyrule Warriors, não há nada de novo aqui.



O jogo será lançado na Primavera Americana para o Nintendo Switch.

Fonte

sábado, 3 de fevereiro de 2018

E a festa chega ao fim - O reboot fantasiado de continuação

E, hoje, nós terminamos mais um período de aniversário, e, dessa vez, tentarei manter as coisas bem simples. Esse foi, provavelmente, o período mais ocupado há anos e, por isso mesmo, estarei concluindo-o ainda no começo de Fevereiro (e não mais pro meio como fiz nos dois últimos anos).

Seja como for, esse período ocupado foi certamente interessante, e fico grato em ver que ele ajudou e trouxe algumas reflexões no caminho.

Temos um ano bem misterioso à nossa frente, e, como sempre, estarei com olhos otimistas para o futuro! Que tenhamos um ano excelente!

...Agora, me dá licença, que eu realmente vou precisar de férias depois desse Período de Aniversário! Me dá uma semana, que eu volto com tudo!

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Detonando! The Legend of Zelda: Oracle of Seasons - As ruínas antigas

Antes de começarmos, de fato, vou soltar aqui um aviso: esse calabouço envolve uma quantidade nada saudável de vai e vem. Você terá de ir e voltar para algumas salas diversas vezes, e, honestamente, isso nunca é legal. Mais do que isso, no entanto, esse lugar está cheio de armadilhas, e, até agora, é, de fato, o lugar mais difícil da nossa aventura. Vamos ver o quanto neste guia...


NÍVEL 6 - AS RUÍNAS ANTIGAS

MAPA

Então, você só tem uma opção no momento, já que as outras, por enquanto, apenas levam a becos sem saída.

Logo da entrada do calabouço, siga para frente por duas salas. Na terceira sala, você vai se encontrar com aquela roda que vimos lá no segundo calabouço: a mesma que roda apenas uma vez em determinada direção dependendo da cor.
No caso, você estará olhando a roda azul primeiro. Entre nela, e você será levado para o lado direito da sala, e a roda ficará laranja. Isso é ótimo, porque queremos ela laranja por enquanto!

Siga pelo caminho da direita, prestando atenção para aquela porta trancada ao norte da sala seguinte (preste atenção a ela mesmo, já que teremos que voltar aqui depois), e vá seguindo até a sala seguinte. Você chegará em uma área com armadilhas, um monte de Gibdos, um chão que está literalmente caindo, e um baú do lado direito, contendo inacreditáveis 5 rupees... Sério.

Não precisamos perder tempo aqui. Siga pela passagem ao sul, e você vai sair em uma sala com várias Ropes indo de um lado para o outro, e muitos buracos. De novo, não há nada aqui, então siga para a esquerda, e vá seguindo também pela sala seguinte: logo depois dela é a sala anterior à roda.

Daqui, volte para a roda, que ainda deve estar laranja. Dessa vez, ao entrar na roda, você será empurrado para a esquerda. Siga por esse caminho.

Na próxima sala, além de ter de tomar cuidado com alguns Gibdos, você terá a opção de ir para cima ou para baixo. Por enquanto, siga pelo caminho de cima.

Haverá algo um tantinho complicado de fazer aqui, mas, que será necessário de todo jeito. Para esta sala, se livre do Hardhat Beetle, antes que ele faça você perder a sua cabeça, e use seu bumerangue no Anti-fairy para conseguir uma fada e curar seus possíveis machucados. Feito isso, siga para o lado esquerdo da sala, e você deverá estar notando uma Esfera N do outro lado de uma parede de blocos. Use as luvas magnéticas para levá-la o mais alto que puder antes daquele pequeno penhasco. Feito isso, pule o penhasco para o canto mais próximo ao norte e, quando fizer isso, você deverá estar vendo mais chão firme logo ao norte, só que bloqueado pelos blocos, certo? Se você usar a Roc's Feather junto com as Pegasus Seeds, você pode saltar de onde você está para a parte de cima, e, infelizmente, teremos de fazer isso para prosseguir.
Caso você não tenha Pegasus Seeds com você, o que precisa fazer é pular com a Roc's Feather para o lado do abismo e, enquanto você estiver no ar, e assim que estiver acima do abismo, você deve pressionar na direção do chão ao norte. Isso tudo acontece em uma fração de segundos, já que se trata de um salto comum e diagonal.

Seja como for, estando na parte mais noroeste desta sala, use as luvas para trazer a Esfera N para próximo de você. Então, leve-a até onde tiver chão para a direita. Quando ela estiver já perto do abismo, a repele para o outro lado, e faça com que ela chegue na parte sul da sala.

Volte para perto da esfera, e carregue-a, de novo, com as luvas magnéticas, até aquela parte roxa no chão. Agora, você precisará fazer com que ela pressione um botão enquanto ela está fora do seu campo de visão. Parece complicado, mas, acredite, é bem simples.

Fique logo abaixo da Esfera N e a repele até o outro lado da sala. Passe alguns instantes a repelindo enquanto está parado para garantir que ela vai passar pelo abismo primeiro. Feito isso, continue repelindo-a, mas, mova-se para a direita, até você encostar na parede. Quando fizer isso, pare de repelir a Esfera, e a atraia, de forma que ela fique bem em cima do botão que você estará vendo bem na sua frente.
Isso fará cair a nossa Small Key #1, e precisaremos dela quase que imediatamente.

Siga para o sul duas vezes: você passará pela sala com os Gibdos, e chegará em outra com algumas Ropes, um bloco isolado, uma porta trancada, e algumas escadas no canto esquerdo.
Vamos fazer assim: siga para essas escadas primeiro e vá pelo caminho delas. Você vai dar de cara com um baú contendo o seu Mapa.